Não amo melhor
nem pior do que ninguém.

Do meu jeito amo
Ora esquisito, ora fogoso,
às vezes aflito ou ensandecido de gozo.
Já amei até com nojo.

Coisas fabulosas acontecem-me no leito.

Nem sempre de mim dependem, confesso.
O corpo do outro é que é sempre surpreendente.


O amor e o outro
(Affonso Romano de SantAnna)

Exaltação

Viver! Beber o vento e o sol!... Erguer
Ao céu os corações a palpitar!
Deus fez os nossos braços pra prender,
E a boca fez-se sangue pra beijar!
A chama, sempre rubra, ao alto, a arder!...
Asas sempre perdidas a pairar,
Mais alto para as estrelas desprender!
...A glória!... A fama!... O orgulho de criar!...
Da vida tenho o mel e tenho os travos
No lago dos meus olhos de violetas,
Nos meus beijos extáticos, pagãos!...
Trago na boca o coração dos cravos!
Boêmios, vagabundos, e poetas:
- Como eu sou vossa Irmã, ó meus Irmãos!...

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

ENCONTRO VIRTUAL

Olá amigos e amigas.

Vou confessar uma coisa. Tenho um amigo de mais de + ou - 6 anos que somente o conheço por MSN. Apesar de ser de minha cidade, por mil motivos não tivemos ainda oportunidade de nos conhecer pessoalmente. Mas sabe aquela pessoa que sabe exatamente o que quer e sabe o que falar? Pois é, ele é assim.

Lembro de um sonho dos sonhos que me contou. Sei que podem ter sido com qualquer pessoa, mas quando descrevia sentia como se eu fosse a protagonista. Segue ai um pouco do que me lembro:

"Nos encontramos em uma festa de amigos e após uma bebedeira, puxou-me pelos cabelos para junto de seu corpo, e ali mesmo, perto da piscina e na frente de todos, me despiu e começou uma excitante sessão de sexo oral. Muitos pararam para olhar, mas não satisfeito de que ficassem apenas olhando, chamou quem estivesse interessado. Os solteiros não exitaram. Os que tinham namoradas, esposas etc, resolveram iniciarem entre si.

Bastava um olhar panoramico para ver que ninguem mais estava só. Eram varios corpos unidos, esticados, delirantes. Claro que descreveu o meu exstase. Meu corpo suado, contorcendo no chão, mãos, linguas de varias pessoas no meu corpo. Nessa hora, homens mulheres já se misturavam ao meu corpo. Num impulso, igual ao inicial, puxou-me do chão, levou meu corpo junto ao seu, abrindo minhas pernas em sua cintura, introduzindo seu imenso e rigido pau em mim. Antes de gozar, me pos no chão e deixou que seu liquido branco e doce em minha boca, para que descesse garganta a baixo."

Enquanto lia, as imagens viam a minha cabeça e toda emoção e exstase tomaram conta de meu corpo. Me entreguei aquela descrição e não pude deixar de gozar e gozar.

Continuamos a conversar por MSN, mas já estamos a um passo de nos conhecer pessoalmente. Sei que rola quimica, temos tesão um pelo outro. Conheço seus fetiches e fantasias e ele os meus.

Agora, basta o encontro. E como espero esse encontro.

Um comentário:

  1. Que delicia de relato...
    Que venha o encontro...
    Fico na torcida...

    bjs

    ResponderExcluir